terça-feira, 2 de março de 2010

Só Por Hoje

É difícil esquecer uma história de amor,
difícil não correr para o telefone e discar
seu número,basta uma saudade bater,
ou um sonho me acordar.
É difícil não falar seu nome em meio a conversas entre amigos,
nem te lembrar em algum detalhe tão bobo para tantos
e tão expressivo para mim.
Difícil não ver seu rosto em cada desconhecido,
nem desejar seu abraço nessa noite fria.
Mas eu preciso ter forças.
Por isso,só por hoje,não te ligarei.
Hei de resisitir a atração da sua lembrança,
não ligarei,nem pedirei a Deus que venhas até mim
Não correrei ao teu encalço
Não rezarei nenhum terço esperançoso
Não buscarei notícias tuas
Só por hoje!
Não desejarei teu abraço,
se o desejar,não deixerei que saibas
Não fantasiarei teus beijos
Nem teus amassos
e teus segredos.
Terei força
E um dia após o outro,
vencerei o seu abandono.
E me refarei
E me encontrarei
E te esquecerei
A começar por hoje!

3 comentários:

  1. Olá adorei o poema.


    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  2. Oi,
    Beth,
    amiga, adoro a narrativa envolvente dos seus textos..muito legal mesmo!
    Beijão no seu coração e fica com Deus

    ResponderExcluir
  3. Este plano é poderosíssimo e este poema é lindo. Parabéns!

    ResponderExcluir